segunda-feira, outubro 10, 2005

Coragem Carmona.


Eu fui votar... em Cascais. Pois foi lá que nasci e é onde vivo actualmente. Mas nem por isso deixei de ficar particularmente contente com a vitória de Carmona Rodrigues. É que Lisboa é o sítio onde passo mais tempo e percorro mais espaço. Mas não sei se é desta que Lisboa vai entrar nos eixos. É que a gente está praticamente entre a espada e a parede. Com a corda na garganta. Que é como quem diz, sempre mais do mesmo. Quer dizer. Um sistema democrático tão viciado e tão vazio e tão cheio de polvos que rapidamente se torna impossível fazer qualquer coisa de qualidade neste atoleiro de vaidades e de saloios e de corruptos. As autarquias estão pejadas de vícios e de negócios obscuros que têm raízes fortes. Basta olhar para Felgueiras, Gondomar e Oeiras. E outros tantos concelhos deste país em há 31 anos atrás cantava vitória pela conquista da democracia. Mas, e depois? Como dizia Clara Pinto Correia «E depois, pronto». Andamos aqui exaustos e tristes e cansados de ouvir histórias da carochina. E ainda por cima com pouco dinheiro. Pelo menos alguns. Pois que há outros que há muito se certificaram que essa coisa da crise somente era falada em discursos e nunca em situações de emergência familiar na tentativa de fazer o milagre da multiplicação numa lógica de que 1+1 são mesmo 3 porque tem mesmo de ser. Por tudo isto, coragem Carmona. A gente ainda não deixou de acreditar em coisas impossíveis.

1 comentário:

Anónimo disse...

Hey, Been reading your blog from a couple of days ago, it's actually interesting, keep it up. If you ever want to pay me a visit come to my site to download full length movies